Câmara aprova revisão salarial dos servidores municipais
26/04/2017 - 15h03 em Política

            Em duas extraordinárias realizadas no final da tarde dessa terça-feira (25 de abril) a Câmara Municipal de Passos aprovou projeto do Executivo, que trata da revisão salarial anual dos servidores.

Os vereadores foram convocados pela presidente, vereadora Isabel Ribeiro (Belinha/PP), tão logo a administração protocolou na Casa hoje o projeto de lei que trata do reajuste.

Da forma com que administração havia negociado com a categoria, o projeto aprovado prevê reajuste de R$ 220,00 a todos os servidores  na forma de abono a partir do mês de abril. O referido valor será incorporado aos vencimentos a partir de 1º de maio.

O abono não contempla os agentes políticos (prefeito, vice, secretários), nem os cargos comissionados.

Travessia

            Por acordo de lideranças, a Câmara aprovou também hoje à tarde, em turno único, projeto de lei do Executivo que autoriza a abertura de crédito adicional especial ao orçamento de 2017, no valor de R$ 364.861,39. Trata-se da retomada do projeto Travessia, em convênio com o governo do Estado, que prevê o uso de recursos agora na implantação de 38  módulos sanitários em moradias de pessoas carentes.

Ordinária

            A questão salarial já havia sido objeto de longos debates na ordinária de segunda-feira, quando muitos servidores estiveram na Câmara. Na ocasião, a ordinária foi suspensa e dada a palavra à presidente do Sindicato da categoria (Sempre), Nelza Efigênia dos Santos. Os vereadores fizeram compromisso de aprovar o projeto em regime de urgência, tão logo ele fosse enviado pelo chefe do Executivo.

            Durante a suspensão dos trabalhos, os vereadores ouviram também os dirigentes da empresa viação Cisne.

            Ainda na ordinária do dia 24, os vereadores ouviram a presidente da associação Reintegrar, Leandra Duarte, que teve seu pedido deferido para falar em plenário durante 8 minutos. A dirigente leu um pronunciamento em defesa das causas das mulheres, da Reintegrar e do grupo GLBT.

            Na ordem do dia, o plenário aprovou o envio de três requerimentos de autoria dos vereadores Raimundo Leandro (PR), Aline Macedo (Aline do Social/PR) e Alex Bueno (PSD). Em primeiro turno de discussão, foi aprovado projeto de lei nº 001/2017 de autoria do vereador Alex Bueno, que “dá nome de Palestra Itália à atual rua 06, localizada no loteamento Vilagio D’Itália”.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!